sábado, 28 de novembro de 2015

Fraude da Mega Sena de 25/11/2015

Assista esse vídeo.
Seria mera coincidência?


INTERESSANTE:::  URGENTE:
Nasser Youssef Nasr, dono da lotérica do prêmio de 205 milhões!!! 
Já foi deputado e condenado em processo!
Jeronimo 



 1/2015 23h27

Em dois meses, um prêmio de R$ 47 e outro de R$ 205 milhões, na mesma lotérica, em Brasília

A Wands Loterias fica na QI 25, no Lago Sul - área nobre de Brasília. Foto: Correio Braziliense
O jogo vencedor da Mega-Sena, sorteado na noite dessa quarta-feira (25/11), foi feito na QI 25 do Lago Sul, na Wands Loterias, segundo a Caixa Econômica Federal. O prêmio saiu para uma aposta única de R$ 3,50. No entanto, ainda não se sabe se o jogo é de apenas um apostador ou se faz parte de um bolão.
O guichê 2, onde a aposta foi feita, é preferencial. As funcionárias do estabelecimento Ana Paula Guerreiro, 36 anos, e Adelzi Campos, 41, não sabem ao certo quem atendeu o apostador, pois, em alguns dias, trocaram plantões. "Se tiver sido eu, esse será meu terceiro grande prêmio em 14 anos trabalhando em lotéricas", conta Adelzi, que é moradora de Ceilândia.


Esse é o maior valor de toda história do sorteio. O vencedor vai receber o valor de R$ 205.329.753,89 (com todas as deduções de impostos contabilizadas). Os números do concurso 1.764 sorteados foram 06 - 07 - 29 - 39 - 41 - 55. O sorteio ocorreu em Cândido Mota (SP).
Outros sortudos
Os brasilienses têm histórico de sorte quando o assunto é loteria. Em outubro, uma aposta feita por aqui levou mais de R$ 47 milhões. Em 2012, um dos vencedores da Mega-Sena fez a aposta na Lotérica da Corujinha, no Lago Sul, e dividiu o prêmio de R$ R$ 14.192.091,41 com mais um apostador, de Estrela do Norte (SP).
Já em 2010, houve dois apostadores vencedores da capital federal. Em agosto, outro brasiliense foi um dos quatro ganhadores do prêmio de R$ 72.450.747,46 e levou R$ 18.179.694,01. No início do ano, em janeiro, um apostador do DF levou sozinho o prêmio de R$ 14.836.725.
Virada
Com apenas uma aposta na Loteria União, em Brazlândia, um brasiliense foi um dos quatro grandes ganhadores da Mega da Virada deste ano. Ele e os outros acertadores (dois de São Paulo e um de Mato Grosso) dividiram o prêmio de R$ 263 milhões no começo deste ano. Cada um recebeu R$ 65.823.888,16.
Apostadores do DF já venceram três vezes a Mega-Sena da Virada. Na primeira edição do prêmio, em 2009, a aposta sorteada foi feita na lotérica da Rodoviária Interestadual e os vencedores levaram R$ 72.450.747,46 . Em 2011, na Rodoviária do Plano Piloto, com prêmio total de R$ 177,6 milhões.

Correio Braziliense

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Terrorismo, a França está apenas colhendo frutos que semeou na Síria, entenda o caso, diz leitor da página

14/11/2015

Semeou na Síria, colheu na França.

“QUEM SEMEIA VENTO, COLHE TEMPESTADES”.
Plantando-se tomates, não se colherá cenouras, nem bananas, nem maçãs, nem coisa alguma que não seja tomates.
O texto é de Carlos Tebecherani Haddad.


Quem informa é Carlos Tebecherani Haddad, que, a França é um dos países CRIADORES do “Estado Islâmico”, junto com os Estados Unidos, Grã Bretanha e Israel; A França COMPRA do “Estado Islâmico” PETRÓLEO ROUBADO da Síria e do Iraque, PAGANDO por esse produto A METADE DO PREÇO de mercado praticado no mundo todo;
A França, junto com os Estados Unidos, Turquia, Qatar e Arábia Saudita, FINANCIA os terroristas da “Al Qaeda” , “Estado Islâmico” e outros grupos menores na Síria; A França TREINA os terroristas da “Al Qaeda” e do “Estado Islâmico”, junto com os Estados Unidos, Grã Bretanha, Turquia, Israel, nas bases da OTAN na Turquia e na Jordânia;
A França ARMA os terroristas do “Estado Islâmico”, “Frente Al Nussra” (o braço da “Al Qaeda” na Síria), “Exército Livre” e outros grupos mercenários terroristas menores, na Síria, fornecendo os MAIS AVANÇADOS armamentos existentes nas suas fábricas; A França, juntamente com os Estados Unidos, Grã Bretanha, Israel, Turquia, Qatar e Arábia Saudita, FORNECE SUPRIMENTOS, tais como equipamentos de telecomunicações, alimentos, medicamentos, aos terroristas do “Estado Islâmico”, “Al Qaeda” e outros grupos terroristas menores, na Síria. O QUE a França, assim como os países do Ocidente,
TEM DITO das DEZENAS DE MILHARES de civis que os terroristas têm matado nos últimos anos no Oriente Médio? O QUE a França, assim como os países do Ocidente, TEM DITO dos MILHARES de Palestinos que Israel MATA e MATOU desde 1948? O QUE a França FALOU sobre os BISPOS CRISTÃOS de Alepo, sequestrados, LEVADOS PARA A TURQUIA e, segundo notícias, ASSASSINADOS pelos terroristas do “Estado Islâmico”? O QUE a França falou da DESTRUIÇÃO do PATRIMÔNIO HISTÓRICO e ARQUEOLÓGICO da Síria e do Iraque pelos terroristas que ela apóia?
O QUE a França FALOU das BARBARIDADES praticadas pelos terroristas que ELA APÓIA , TREINA, ARMA E FINANCIA, em Maaloula, quando SEQUESTRARAM, ESTUPRARAM as monjas do santuário de Maaloula? Então, O QUE a França tem a RECLAMAR agora? Como diz o ditado popular, “QUEM SEMEIA VENTO, COLHE TEMPESTADE”.
Com todo o respeito às vítimas do atentado em Paris ontem, sexta-feira, 13 de novembro de 2015, que são civis, inocentes, sem qualquer responsabilidade com os atos governamentais da França, DANE-SE a França, até porque ELA QUER que a Síria, o Líbano, a Palestina, o Iraque, danem-se todos eles.
Escreveu leito do Pensa Brasil: Carlos Tebecherani Haddad  por Isaura Ferraz